O medo de perder

"Sabe porque o mar é tão grande, tão imenso, tão poderoso?

 

É porque teve a humildade

de se colocar alguns centímetros de todos os rios do mundo.

 

Sabendo receber tornou-se grande.

 

Se quisesse ser o primeiro alguns centímetros acima de todos os rios,

não seria o mar mais uma ilha,

toda sua água iria, para os outros e ele estaria isolado

e além disso a perda faz parte, a queda faz parte, a morte faz parte,

é impossível vivermos satisfatoriamente se não aceitarmos a perda,

a queda, o erro e a morte.

 

Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.

Não é possível ganhar sem saber perder.
Não é possível andar sem saber cair.
Não é possível acertar sem saber errar.
Não é possível viver sem aceitar a morte.

Se você aprender a perder, a cair, a errar, ninguém o controla mais,

pois o máximo que pode acontecer à você é cair,

é errar, é perder, e isto você já sabe.

 

Bem aventurado é aquele que já consegue receber

com a mesma naturalidade,

o engano, a perda ,o acerto e o erro,
o triunfo e a queda, a vida e a morte".

            

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O medo de perder

  1. Maria Elisabete disse:

    SE TODOS PODESSEM TER  O  PRAZER DE LER ESTAS PALAVRAS TÃO VERDADEIRAS E SÁBIAS, TENHO CERTEZA DE QUE MUITAS COISAS SERIAM DIFERENTES E SE PRATICADAS ENTÃO, AI SIM O MUNDO SERIA UMA BENÇÃO DE  Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s