Nunca é cedo demais para ser feliz

 

É impossível que épocas definidas existam…

um futuro já resguardado…

um testamento concedendo felicidade…

Ninguém dá um presente ou um beijo

ou manda um cartão para daqui a dez anos.

 

Ninguém espera morrer para dizer um “Eu te amo”

Se existisse, seria, no mínimo, inútil.

Ser feliz não é predestinação,

é uma construção constante.

 

O tempo para amar é sempre o hoje.

Tempo para ser e fazer feliz…

Em gestos pequenos e isolados fazemos o futuro…

 

Tal qual construtores,

tijolo por tijolo… pedra por pedra…

Nem um minuto deve ser perdido.

Nenhuma palavra de afeto é vã.

 

Muitas dúvidas

e poucas certezas eu tenho.

 

Mas a maior de minhas certezas

é a de que nunca,

nunca é cedo demais

para começar a ser feliz.

 

                                                                            autor desconhecido

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s