A plenitude do amor…

 

 

Foi Deus quem colocou em nossas almas a luz que nos ilumina,
que nos faz ver o sol, mesmo em dias de chuva.

Foi Deus quem nos fez assim…
à sua imagem e semelhança, para que saibamos de Sua existência.

Foi Deus em sua infinita bondade
quem nos deu o livre arbítrio
e a liberdade de sermos parte de Seu Plano.

Foi Deus quem nos fez amar
e faz com que nos amem, com todos nossos defeitos e imperfeições.

Foi Deus quem, em Sua plenitude e luz,
nos deu nossos filhos, nossos pais
e o amor entre um homem e uma mulher.

Foi Deus quem nos deu a Natureza,
derramando sobre nos Suas bênçãos

 e mesmo quando sós estamos, nunca nos abandona.

E a retribuição de cada um é amar a todos sem distinção,
sem preconceitos ou rejeições.
É o amar ao nosso irmão e entender o que ele sente

e porque age desta ou daquela maneira…

 

É deixar, para lá, as "caras feias",
é deixar de ter ódio ou desejar vingança,
é brincar com todos, como se fôssemos crianças.


É acordar e dizer: Bom Dia!
Ter um sorriso nos lábios e felicidade na alma.
É viver o nosso dia a dia, a cada dia.

É construir, hoje, o nosso amanhã.
É ter a alegria de viver a vida numa busca constante da felicidade,
que, em essência, está em viver a plenitude do Amor.

 

Adaptado de Paulo Roberto Gaefke

 

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s