O amor… ah o amor!!!

Vocês sabem quando sabemos que amamos alguém de verdade? Não é quando está tudo bem, quando nunca houve maré baixa. Assim é muito fácil. Que sejam amigos ou amores, é muito fácil dizer que se ama e desejar a felicidade do outro quando tudo corre como um rio tranqüilo.

Mas o amor mesmo, só pode ser provado quando o coração estiver quebrado em pedacinhos. Não que não exista se nunca ocorrem problemas, claro que existe. Mas quando a adversidade bater na porta da relação, aí então é que podemos estar seguros dos nossos sentimentos.

Amor não se desmancha com mágoa não. Nem com ressentimentos, nem com decepções, nem com problemas. Que amor frágil é esse, se assim for?

Sabemos que amamos alguém quando somos capazes de desejar sua felicidade passando por cima da nossa dor.

E quem nunca sentiu um amor assim de tanta grandeza, ore ao Pai. É um sentimento sublime e só mesmo nosso Divino Pai é capaz de colocar em nosso coração. E Ele não nos dá, Ele nos oferece.

Acho que sabemos que amamos verdadeiramente uma pessoa quando a vemos partir, isso nos parte em mil, e ainda assim desejamos que ela seja feliz, mesmo se nossos mil pedaços vagam chorando em cada canto. Só o amor nos torna seres assim tão superiores, capazes de tanta grandeza.
 

Desejar a felicidade de quem magoou nosso coração não é assim coisa tão fácil. Exige de nós uma força extraordinária. Uma luta se trava em nós: parte nos empurra, nos cega para o bom e abre nosso coração à mágoa e outra parte se enche de ternura com as lembranças do que de bom vivemos. É nosso eu doente e nosso eu são dentro de um mesmo espaço e cada qual tentando falar mais alto. Como desejar a felicidade de quem nos feriu? Como passar por cima? Não somos santos, é o que nos dizemos. Somos feitos de carne, osso, alma e coração. Temos sentimentos… e os bons ficam assim tão miúdos quando os maus aparecem…

Só mesmo um coração maior que nós e nosso eu para vencer uma luta como essa. Só mesmo um amor sem tamanho e uma bondade sem limites.

O amor é uma água bendita! Ele lava as mágoas, ele purifica, deixa branco, sem mácula. Se você for capaz de perdoar a alguém que feriu seu coração e ainda desejar a felicidade dele, saiba que o amor é o dom maior que vive no seu ser e que você é uma pessoa bem-aventurada!

E pessoas bem-aventuradas não só caminham com a felicidade do lado, elas caminham de mãos dadas com ela e vai chegar fatalmente o dia em que essa felicidade vai abraçá-las.

Letícia Thompson

 

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O amor… ah o amor!!!

  1. mery disse:

    obrigada meu amigo? vc parece q adivinha qd estou precisando d palavras poderosas e d incentivos xero p td familia

  2. rojh disse:

    Maravilhosas palavras me identifiquei muito com elas pois passei por cada uma por causa dessa pequena palavra chamada Amor…bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s