Arquivo do mês: outubro 2010

Tempestade em copo d’agua

    Fazer tempestade em copo d’água é dar a uma situação uma importância muito maior do que ela tem ou merecer ter.  Vê-la, talvez, com os olhos do desespero e com a inquietação da alma.  São os pequenos acontecimentos … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | 6 Comentários

Não tema contratempos

   Não tema os contratempos. Não carregue incertezas, mágoas, insatisfações. São cargas pesadas, fruto da imaginação defeituosa. Se tudo o que ocorre você encara pelo lado construtivo,  como podem os acontecimentos se tornarem tormentosos?  Tenha a idéia de que tudo … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado, REFLEXÃO | 6 Comentários

Omissão

  Vem chegando outra vez mais um Natal E outra vez não cumpri o que prometi Fazer dentro de um ano… o que daqui A pouco mais de um mês chega ao final!   Eu prometi deixar de vez o … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | Deixe um comentário

Permaneça no barco da alegria!

  Como ser feliz com tantos problemas?   Os problemas, as dificuldades atuam sobre a alegria, até impedindo-a.   Mas, a felicidade é outra coisa.   A felicidade é a alegria continuada, que, mesmo interrompida aqui ou ali, volta e … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | 2 Comentários

Olhe-se com alegria

  Ao ver-se por dentro, no que você é e pode, não se admita vencido pelo mal, por mágoas que não possam ser extintas ou desânimos invencíveis. Nem descreia de chegar à completa paz. Tenha generosidade para consigo e veja-se … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | Deixe um comentário

Dia do Médico

“O médico é um dos mais importantes profissionais presentes em nossa sociedade, devido ao fato de sua função estar ligada à manutenção e restauração da saúde. Este profissional utiliza o saber específico, técnicas e abordagens que lhe permitem promover a … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | Deixe um comentário

Os 7 pecados capitais dos educadores

AOS EDUCADORES               O ilustre escritor brasileiro Augusto Cury enumera em seu livro intitulado Pais brilhantes, professores fascinantes, o que ele considera os sete pecados capitais dos educadores.               O primeiro deles é corrigir o educando publicamente.             … Continuar lendo

Publicado em REFLEXÃO | 2 Comentários