Omissão

 

Vem chegando outra vez mais um Natal

E outra vez não cumpri o que prometi

Fazer dentro de um ano… o que daqui

A pouco mais de um mês chega ao final!

 

Eu prometi deixar de vez o mal

Que, vira-e-mexe, faço aqui e ali,

Por omissão. E eu sei que me omiti,

Pois a consciência dá o seu sinal!

 

Que vergonha, meu Deus, ser fraco assim!

Daí mais força e coragem para mim!

Quero tanto vencer minha preguiça…

 

Que é um dos grandes pecados capitais!

E essa minha conduta é tão omissa!

O que eu fiz com o exemplo de meus pais?

 

Amilton/SP

26.10.10

 

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s